in , ,

Engenharia Aeronáutica é o curso para fãs de Top Gun e aviões

E aí, você já assistiu Top Gun: Maverick? Provavelmente, certo? Afinal, o filme bateu recordes nas bilheterias. Nada mais, nada menos que 6.680 bilhões de reais foram arrecadados em suas exibições pelo mundo.  Então, se você amou o filme, se descobriu apaixonado por aviões mas não sente que ser piloto é pra você, se liga que temos uma possível resposta: a graduação em Engenharia Aeronáutica!

Antes de mais nada, não se assuste se você ainda não conhece essa graduação pois não é uma das mais procuradas por estudantes brasileiros.

No entanto, estamos aqui para mostrar por que você deveria considerar o curso de Engenharia Aeronáutica como sua escolha. Primeiramente, saiba que esse é um bacharelado reconhecido pelo MEC e com, como a grande maioria, tem uma duração média de cinco anos.

Mas, afinal, o que faz o profissional de Engenharia Aeronáutica?

De antemão, já lamentamos informar que o engenheiro aeronáutico não é nenhum Tom Cruise brasileiro. Dessa forma, não há garantia de picos de adrenalina que apenas os os filmes de ação sabem trazer.

Porém, a verdadeira realidade da profissão é cheia de pontos interessantes, sim. Se você é fã de tudo que tem a ver com aviões e outras aeronaves, se prepare.

Afinal, o engenheiro aeronáutico é o profissional responsável por projetar, construir e dar manutenção aos mais diversos tipos de aeronaves. Por exemplo, aviões, foguetes, helicópiteros, e helicópteros.

Podemos dividir as suas atuações principais em três áreas:

1. Projetos

Desenho da estrutura da aeronave e seus componentes. Definição de materiais serão utilizados, criação de protótipos das peças e realização de testes. Também criação e implementação de sistemas de funcionamento.

3. Manutenção

Coordenação e realização de serviços de manutenção e reparos em aeronaves e helicópteros. 

3. Serviço Público:

Além do trabalho em fábricas de aeronaves, de peças para manutenção, empresas aéreas, institutos de pesquisa e aeroportos, esse engenheiro tem a opção de seguir uma carreira pública. 

Tal como a carreira militar, prestando seus serviços para a Força Aérea Brasileira. Também, atuar em obras e serviços relacionados com infraestrutura, como construção de aeroportos e gerenciamento de tráfego aéreo

Da mesma forma como as habilidades técnicas aprendidas ao longo da graduação são importantes, aquelas chamadas de soft skills também devem ser consideradas e precisam ser desenvolvidas. 

Leia mais sobre isso em: Você tem as skills necessárias para o futuro?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

As possibilidades da gamificação na educação básica

credito_na_pos_graduacao

Crédito na pós-graduação: por que contratar?