in , ,

Graduação: saiba quais são os cursos mais procurados no Brasil

Nesta sexta-feira, 1º de julho, foi o último dia para inscrições no Sisu 2022.2, e uma verdade que todo vestibulando sabe é: uma boa nota não basta para garantir a sua vaga. Tanto o número de vagas quanto o número de candidatos inscritos no curso afetam drasticamente as suas chances. Portanto, é interessante saber quais são os cursos mais procurados para entender qual será o nível de dificuldade encontrado no caminho para a sua graduação.

Afinal, alguns cursos estão entre os mais procurados pelo seu grande número de vagas ofertadas. Já outros, não abrem uma quantidade de vagas nem perto da procura, gerando uma concorrência acirrada. 

Além disso, você também vai conhecer quais são os cursos que estão a beira de saturar o mercado formando todo ano um número de estudantes grande demais para que o mercado de trabalho absorva completamente nas posições para as quais estudaram. Felizmente, o MEC publicou este ano o Censo da Educação Superior que traz dados como esse e vários outros.

Os cursos de graduação mais procurados do Brasil são:

1. Pedagogia 

Pedagogia é o curso que prepara profissionais para atuar na educação infantil, nos anos iniciais do ensino fundamental e na educação de jovens e adultos. Não apenas essa é a graduação que recebe o maior número de matrículas no país, 816.427 em 2020, mas também é o curso que mais forma estudantes. 

Portanto, preste atenção nestes números:  as 1.618 instituições de ensino superior que ofertam o curso formaram 136 mil pedagogos em 2020, o que representa 10,6% de todos os graduados. Esses números, além de altos, demonstram uma crescente, visto que no ano anterior a taxa era 0,23% menor. 

Em suma, podemos dizer que vivemos um momento complicado para seguir formando cada vez mais profissionais da educação infantil, dado que a taxa de fecundidade no Brasil segue em uma decaída de décadas. De 2020 para 2019, o número de nascimentos caiu em 30 mil, resultando em uma população com mais adultos e idosos e menos crianças que aquela que tínhamos no passado. 

2. Direito

Direito é o segundo curso com mais matrículas e graduações. O Brasil tem o maior número de faculdades de direito no mundo. Mais que todos os outros países juntos. São 1.500 cursos de direito, que, em 2020, contavam com um número de 759.361 matriculados. 

Como já falamos aqui no blog, advogar não é a única saída para quem termina o curso. O que é uma boa notícia para bacharéis em direito que receberam 9,7% de todos canudos de graduação entregues em 2020. 

3. Administração

A estimativa é que existam mais de 1.500 cursos de Administração no Brasil. Em 2016, o curso que forma estudantes para mais que gerenciar instituições tinha o maior número de ingressantes e concluintes em graduação do país.

Já mais recentemente, em 2020, essas colocações caíram para o terceiro lugar. Mesmo assim, a graduação continua como um dos cursos mais procurados, responsável por formar 7,1% dos novos profissionais graduados.

Mas e as condições das vagas?

O número de vagas é muito importante, mas não é a única coisa a se pensar. Em que período do dia você pode estudar? Você precisa trabalhar enquanto estuda? Você pode pagar pelo seu ensino dos sonhos? Se sim, quanto? 

Vamos olhar para os números de Instituições de Ensino Superior (IES) e de vagas para saber o que está ao alcance dos brasileiros:

  • Existem 304 Instituições de Ensino Superior públicas no Brasil e 2.153 privadas. Assim, as instituições privadas representam 87,6% do total.
  • As IES públicas ofereceram um total de mais de 860 mil vagas de graduação pelo país em 2020.
  • O número de vagas para graduação em instituições privadas foi superior a 21 vezes o oferecido pelas públicas. 

Podemos perceber que as instituições privadas são a maioria no cenário nacional. Geralmente, também são aquelas mais flexíveis quanto a horários para estudantes que equilibram estudo e trabalho nas 24h de seu dia. Porém, apesar da educação superior ser um investimento importante para a sua vida e carreira profissional, sabemos que não são todos que podem arcar com seus custos em totalidade. 

Normalmente, dizia-se para esperar um momento da vida em que houvesse uma maior folga financeira. Mas, hoje em dia, temos opções no mercado que permitem cursar agora pagando apenas uma parte da mensalidade e finalizar o restante depois da conclusão. Ou seja, essa parte do pagamento fica por conta do seu Eu futuro que contará com uma formação profissional. 

Curtiu a ideia? Conheça o crédito educacional da Fundacred e faça a sua simulação para viver o seu sonho agora.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Cursos técnicos: uma opção para você?

3 motivos para fazer faculdade de licenciatura