in ,

AmeiAmei LegalLegal HahaHaha UAUUAU

6 Experiências da vida universitária fora da sala de aula

Antes de mais nada, responda a seguinte pergunta: o que lhe vem à cabeça quando pensa em vida universitária? Se você for um aluno de ensino médio, talvez pense imediatamente em palestras, aulas, provas e, quem sabe, até algumas festas. 

Porém, a verdade é que a faculdade pode ir muito além disso. As experiências da vida universitária disponíveis para os estudantes não se limitam às paredes da sala de aula. Por isso, preparamos uma lista para você já chegar na faculdade preparado e não perder nada!

Grupos de Pesquisa

À primeira vista, a maioria dos estudantes não inicia a sua fase universitária com muita animação para as teorias que virão, não é mesmo? Afinal de contas, é normal focar nas aplicações práticas. Pois, são essas atividades que demonstram como será a atuação na carreira escolhida.

Entretanto, existe um rumo que os mais curiosos de nós descobrem: a pesquisa acadêmica. Então, esse é o seu lugar se você é do tipo que se questiona o porquê fazemos as coisas como fazemos. Também, como a realidade da nossa profissão é construída e mais mil perguntas amplas e fechadas.

Logo que entrar na faculdade já pesquise quais são os grupos de pesquisa que existem dentro do curso e encontre aquele que tenha o foco do seu interesse. Quem sabe se um mestrado e até um doutorado não pode acabar saindo daí?

Projetos de Extensão

Agora, os Projetos de Extensão Acadêmica serão a sua praia se você for o tipo de pessoa que não vê a hora de pôr a mão na massa. Esses projetos ou programas são ações pontuais ou contínuas que ligam a comunidade acadêmica à sociedade. Ou seja, leva os alunos a realizarem atividades de caráter educativo, social, cultural, científico ou tecnológico fora dos muros da instituição. 

Assim, você leva aquilo que aprende em sala de aula para a comunidade externa. Dessa forma, alcança um ganho individual ao praticar para a profissão que virá a assumir. E, ao mesmo tempo, um ganho coletivo para todas as demais pessoas que se beneficiam dos resultados.

Estágios

Antes mesmo de pensar em entrar para a faculdade você provavelmente já espera que algum estágio fará parte da sua vida universitária, acertei? No entanto, o que você pode não saber é que existem diferentes tipos de estágio. Veja alguns:

Dentro ou fora da instituição

Sim, estágios podem ser realizados tanto dentro da sua própria instituição de ensino quanto fora, depende bastante do curso realizado. Por exemplo, é normal para estudantes de administração, comunicação, tecnologia da informação ou ciências da computação serem estagiários em órgãos da sua própria instituição. O mesmo pode acontecer para acadêmicos de cursos da saúde que estudam em instituições que contam com hospitais. 

Obrigatório ou não obrigatório 

Talvez o seu curso estipule dentro da grade curricular um, dois ou mais estágios obrigatórios. Ou, talvez essa não seja uma obrigatoriedade para a sua graduação. Em ambos os casos você tem a opção de fazer estágios não obrigatórios. De qualquer forma, o seu desejo de colocar seus conhecimentos em prática antes de atuar no mercado de trabalho podem ser satisfeitos. 

Logo, lembre-se de perguntar junto à coordenação do seu curso a partir de qual semestre você já está liberado para estagiar e busque a sua vaga de estágio ideal.

Remunerados ou não remunerados

Estágios podem ser remunerados, o que quer dizer que você recebe uma compensação monetária pelas atividades realizadas. Isso não significa que é o mesmo que o salário de um colaborador, afinal, o objetivo do estagiário deve ser, acima de tudo, aprender. Ou, ao contrário, podem ser não remunerados, sendo assim sem auxílio financeiro. 

Ambos os tipos de estágio ainda têm a possibilidade de contar com benefícios adicionais, como transporte ou alimentação no local. Cabe a você pesquisar sobre a melhor opção para os seus objetivos e condições. 

Empresas Jr.

Assim que entrar na faculdade já procure a Empresa Jr. do seu curso ou de algum similar se você quer viver o ambiente corporativo desde cedo e assumir papéis de liderança. Essas empresas são organizações sem fins lucrativos criadas e geradas completamente por estudantes. Porém não pense que essa é uma brincadeira de faz de conta, clientes reais são atendidos e a coisa é levada a sério por todos os seus membros.

Voluntariado

O voluntariado social, ou seja, a atuação em ONGs ou outras formas de projetos sociais dentro da sua cidade ou até mesmo fora do país é uma opção a se considerar durante a sua jornada universitária. Afinal, assim você está fazendo o bem, melhorando a vida de outras pessoas ao mesmo tempo em que acumula horas de atividade para a sua formação e currículo.

Rodas de conversação

Você tem o desejo de aprender e praticar novas línguas? Sabemos que os intercâmbios internacionais são investimentos financeiros que não estão ao alcance de toda a nossa população, porém muitas instituições de ensino oferecem ou intermediam outras maneiras de lhe ajudar. 

Assim como as aulas em línguas estrangeiras e até mesmo na nossa própria Língua Brasileira de Sinais são abertas, muitas vezes rodas de conversação existem para a prática linguística. Além disso, é comum para as instituições convidarem seus alunos a recepcionar estudantes estrangeiros e ajudá-los durante a fase de adaptação. 

Conclusão

Para finalizar, não esqueça que essas são apenas algumas das experiências da vida universitária que poderão enriquecer os seus anos de estudos. Adicionalmente, também serão esses pontos de destaque para o seu currículo. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

3 motivos para fazer faculdade de licenciatura

Carreira: 6 cursos técnicos em alta no mercado de trabalho