in

AmeiAmei

3 dicas para ser mais criativo

A princípio, ser criativo pode ser um desafio para muitas pessoas. Afinal, estamos no “piloto automático” a maior parte do tempo. Acordar, trabalhar/estudar e dormir. E assim sucessivamente, dia após dia. 

Você sabia que a criatividade é uma das skills necessárias para as profissões do futuro? Essa característica é muito procurada pelas empresas devido ao seu potencial transformador, sendo capaz de facilitar os processos organizacionais

Porém, é importante sempre unir criatividade e originalidade. Foque no diferencial daquilo que você está criando e busque surpreender. Essa relação, por exemplo, está muito presente no empreendedorismo

Ah, e não tenha medo de arriscar, pois estagnação e progresso são opostos, viu? Sem mais delongas, confira agora 3 dicas para ser mais criativo!

Pratique o ócio

Somos bombardeados de informações o tempo todo e o cérebro retém todas elas. Além do mais, as multitarefas fazem parte do cotidiano. Por sua vez, é difícil focar em apenas uma atividade e dar o melhor em cada uma. 

Sim, parece um pouco contraditório dizer isso. Contudo, fazer nada e pensar em nada às vezes são um terreno fértil para o surgimento de ideias criativas. Apesar de, à primeira vista, irem contra as normas da produtividade, momentos ociosos podem evitar que você tenha um burnout.

Sabe quando você pensa em um ótimo argumento que poderia ser utilizado em uma discussão de 2 anos atrás? É exatamente isso! Brincadeiras à parte, você não está mais sob pressão. Dessa forma, suas ideias tendem a fluir melhor.

Por isso, tire um tempo e esqueça o mundo ao seu redor. A meditação é uma boa pedida para quem quer desopilar e abrir caminhos em direção à criatividade!

Busque referências

Já dizia o Pai da Química Moderna, Antoine Laurent Lavoisier: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Trazendo a ciência para este nosso assunto, é muito difícil encontrar uma ideia que não tenha surgido de outra.  

Sendo assim, buscar referências é muito importante para inovar nas suas criações. Mas lembre-se: inspiração não significa plágio — até porque isso é crime —. Capte padrões e os transforme em algo novo!

Assista a filmes, séries e documentários. Leia livros. Esteja atento às notícias. Acompanhar pessoas com interesses similares aos seus também pode ser uma oportunidade de ter bons insights

Pense como uma criança

De acordo com uma pesquisa da Nasa, a criatividade humana é perdida com o passar do tempo. Ou seja, pensar como uma criança pode trazer muitos benefícios! 

Quando os voluntários tinham entre 4 e 5 anos de idade, o estudo concluiu que 98% deles utilizaram plenamente sua criatividade. Já na fase adulta, o número reduziu drasticamente para 2%

As crianças não têm pré-conceitos resultantes de experiências passadas. Logo, sentem-se livres para testar coisas novas sem medo, ao contrário dos adultos, que muitas vezes temem o julgamento alheio. 

Também é importante considerar a concentração exclusiva de uma criança quando ela está brincando, por exemplo. Portanto, tire da mente o que lhe sobrecarrega e tenha foco total quando precisar ser criativo. Dessa maneira, você agirá de um modo mais desinibido e, consequentemente, mais criativo!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Paulo Freire e a educação que transforma

As possibilidades da gamificação na educação básica