in ,

Entenda o funcionamento da memória

De início, inúmeros contextos históricos possibilitaram a humanidade compreender como era o mundo em tempos passados. Isso se deu pelas experiências adquiridas pelo ser humano ao longo dos tempos. 

Ao processo de aquisição, elaboração, manutenção e convocação de informações, dá-se o nome de memória. Nesse sentido, diversas estruturas cerebrais são responsáveis pelo processamento, armazenamento e evocação da memória. 

Assim, ao longo da vida, o ser humano realiza diversas atividades por meio do que foi captado por áreas encarregadas de acessar informações que são responsáveis por desempenhos simplistas e complexos.

Leia também: Terapize e Fundacred trazem terapia online facilitada para você

Como funcionam os processos da memória?

Antes de mais nada, existem três fatores de ajustes e três condições indispensáveis ​​para o processo de memória:

1) Atenção – Desempenha um papel fundamental na memória, pois a qualidade do processo atencional afetará a qualidade do armazenamento das informações.

2) Motivação – Um indivíduo com baixa motivação terá dificuldade em prestar atenção. A motivação, portanto, tem uma influência importante na aprendizagem.

3) Nível de ansiedade – A ansiedade tem um grande efeito no sistema nervoso central. Nesse contexto, respostas de ansiedade aumentadas, podem gerar um efeito inibitório, levando a uma diminuição significativa no desempenho do encéfalo, na aquisição e consolidação de novas memórias

Condições para os processos de memorização

1) Aquisição – Compreende a atenção e informações. Há um envolvimento direto dos cinco sentidos, que captam os processos atencionais do indivíduo e enviam a mensagem ao encéfalo. Sendo assim, a concentração é fundamental porque o cérebro só consegue guardar aquilo que nos interessa.

2) Consolidação – Inclui capacidade de armazenamento.

3) Recuperação de dados – É equivalente aos recursos de recuperação ou resgate. Isso acontece quando acessamos dados armazenados na memória.

Quais são os tipos de memória?

A princípio, há uma ideia popular de que memória significa basicamente uma única coisa. No entanto, anos de pesquisas sobre esse fenômeno nos permitiram distinguir entre diferentes tipos e subtipos de memória.

Logo, a memória sensorial é a forma mais curta das memórias e ocorre através dos cinco sentidos. Dessa forma, conservamos a informação por tempo suficiente para que o encéfalo separe o que considera útil e descarte o que considera inútil.

Memória de curto prazo

Antes de qualquer coisa, esse tipo de memória armazena informações pelo menor período de tempo antes de serem esquecidas ou armazenadas.

Memória de trabalho

A memória de trabalho está associada à manutenção temporária e ao processamento de informações durante a execução de diferentes tarefas.

Memória de longo prazo

A memória de longo prazo é onde conservamos memórias de episódios e eventos que se estabeleceram por dias ou anos.

Formas de memorização

Algumas pessoas apresentam formas diferentes de memorizar em relação às outras. Parte delas apreendem através dos sons e hoje temos diversos recursos que facilitam a memória auditiva, como: podcasts, artigos e livros com áudios, entre outros.

Em uma outra esfera, temos aqueles que apresentam maior facilidade com a memória visual. Nesse caso, anotar informações, fazer associação com imagens, podem contribuir para que a memória funcione de forma mais eficaz.

Também existem aqueles que não bastam somente ouvir ou ver, mas precisam compreender na prática o conteúdo necessário para a compreensão. Essas pessoas possuem a memória cinestésica. Portanto, realizar pesquisas de campo ou praticar para aprender, ajuda muito no estabelecimento do aprendizado

Texto escrito por Monique Bastos, psicóloga da plataforma Terapize.

Leia também: Você tem skills necessárias para profissões do futuro?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Cinco exercícios mentais para estimular a memória

Parceria Fundacred e Conquer: o poder do multiusuário