in

CredTEC: o crédito estudantil para cursos técnicos

Sim, como o nome do serviço já entrega: existe um crédito estudantil para cursos técnicos, sabia? Estamos falando do CredTEC!

Antes de mais nada, vale ressaltar que, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ainda em 2019 essa modalidade foi cursada por 49,3 milhões de pessoas que haviam concluído o ensino médio, conforme pesquisa divulgada pelo site Educa Mais

As informações só comprovam a realidade da educação no Brasil. Ou seja, que os cursos técnicos são a possibilidade de acesso rápido ao mercado de trabalho. Então, por que não facilitar o ingresso ao ensino desse modelo?

Logo, a Fundacred, com seus quase 50 anos de expertise, pensou nisso. E portanto criou o crédito estudantil para cursos técnicos, que permite uma parte do pagamento agora e o restante só depois

Curtiu? Dá uma olhada em como funciona na prática!

Durante os estudos

Conforme falamos na introdução do post, o CredTEC permite que você pague apenas uma parte do curso técnico enquanto estuda.

Assim, você pode contratar no seu ritmo, conforme possibilidades e objetivos. Além disso, essa contratação pode ser feita mesmo que você esteja negativado(a), já que sua renda não será analisada, apenas a do(a) seu(a) fiador(a). 

Durante esse período você também tem total acesso à Fundacred, caso queira tirar dúvidas por chat, WhatsApp ou e-mail. 

Depois de concluído

Por outro lado, após concluir os estudos, você começa a pagar a outra parte do valor do seu CredTEC. Tudo com o mesmo tempo para quitar o saldo.

Igualmente nesta etapa, as mensalidades são acrescidas da menor taxa de crédito educacional do país: 0.35% ao mês. Do mesmo modo, as parcelas se mantêm com o mesmo valor, sem juros remuneratórios. 

Tudo para você ter tranquilidade financeira e foco total nos estudos!

Como solicitar?

Por fim, para contratar o CredTEC, basta acessar o Portal da Fundacred e simular os valores da sua mensalidade. Depois, criar login e senha para solicitar, selecionando a instituição de ensino escolhida e o curso que você deseja fazer. 

O passo dois está na indicação do(a) fiador(a), ou mais de um, se sua IE permitir. Após essa fase, você encaminhará os documentos necessários para serem analisados. Confira a listagem: 

  • Documento de identificação: seu e do(a) fiador(a)
  • Comprovante de residência (seu e do fiador)
  • Documento de identificação do(a) seu(sua) cônjuge e certidão de casamento (se tiver)
  • Documento de identificação do(a) cônjuge do(a) seu(ua) fiador(a) e certidão de casamento (se tiver)
  • Comprovante de renda do(a) fiador(a)

Em conclusão e com tudo enviado, a Fundacred e a instituição de ensino analisarão todos os documentos para liberarem a sua contratação. Se os arquivos enviados forem aprovados, o contrato será disponibilizado a você também lá no Portal.

Para finalizar, basta conferir a primeira folha do documento e seguir as orientações de assinatura e próximos passos. De acordo com o que sua IE exige, você precisará: 

  • Imprimir o contrato;
  • Assinar e recolher assinatura do(a) seu(ua) fiador(a);
  • Reconhecer as assinaturas em cartório;
  • Enviar ou entregar o contrato assinado para a Instituição de Ensino ou diretamente na Fundacred.

E pronto! Agora que você já sabe todos os passos, é só entrar no Portal e bater o martelo para cursar seu próximo curso técnico. Bons estudos!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Não tenho fiador e agora? Conheça o +MAISACESSO!

Qual Rayssa Leal é você nas Olimpíadas da faculdade? 😁