in

Crédito Estudantil sem fiador: o que você precisa saber 

Se você está no blog da Fundacred, com certeza já conhece pelo menos um de nossos serviços. Hoje, no entanto, o assunto é o crédito estudantil sem fiador. Sim, ele existe e você vai saber tudo sobre o tema! 

De início, vamos contextualizar um pouco as coisas…

O que é e para que serve um fiador?

Em resumo, um fiador é quem garante a dívida por você. Ou seja, caso você tenha feito algum empréstimo ou crédito, essa pessoa se responsabilizará por esse valor acordado, garantindo que, se você não pagar, ela irá. 

Em razão disso, muitas instituições exigem que o fiador tenha algum patrimônio ou possa comprovar uma renda estipulada. Assim é possível atestar que essa pessoa tem bens e poder aquisitivo para lidar com uma conta grande, se necessário. 

Outro ponto importante é que o fiador, na grande maioria das instituições, não pode estar com o nome sujo ou com restrições em serviços de proteção ao crédito para desempenhar esse papel. 

A lógica, neste caso, é a mesma que no da comprovação de renda: se a pessoa já está devendo em outro local e por conta própria, não está apta para assegurar uma dívida a um terceiro. 

E como funciona no crédito estudantil?

Exatamente da mesma forma que explicamos acima! 

Ao contratar um crédito estudantil, você está concordando em pagar o valor em questão futuramente. Neste caso, é preciso indicar uma pessoa que garantirá essa condição

Na maioria dos serviços da Fundacred, por exemplo, essa indicação se encontra no passo dois, após você selecionar a instituição e nível de ensino que deseja cursar.  

Além disso, a maioria das universidades, faculdades ou centros de educação permitem a indicação de até dois fiadores. Ou seja, você pode dividir a responsabilidade do valor entre ambos. 

Como já citado, isso se aplica a quase todas as soluções da Fundação: CredIES, CredIESMed, CredTEC, CredNEX, CredNEO

Mas, afinal, chega de suspense…

Existe um crédito estudantil sem fiador?

Sim, o crédito estudantil sem fiador, da Fundacred, é o +MAISACESSO

Antes de mais nada, é preciso dizer que ele funciona exatamente como os outros, porém os passos, é claro, são reduzidos. 

Primeiramente você cria o cadastro e seleciona a instituição de ensino e curso desejados. Depois, envia as fotos dos documentos necessários e, por fim, aguarda a análise. 

O processo é menor por também ser totalmente digital, evitando burocracias presenciais. 

Para saber mais, simular valores ou já fazer sua contratação, é fácil! Basta acessar o Portal da Fundacred, seguir as etapas descritas e pronto. 

Mas por que optar por essa alternativa?

Ainda que seja comum em financiamentos, créditos e empréstimos, a necessidade de um fiador se torna uma dificuldade para muitos. Isso porque, como já salientamos no post, existem alguns pontos a serem cumpridos

Além de ser preciso comprovar renda e não ter restrições no nome, a pessoa que garante esse acordo também precisa ser de sua confiança. Você, afinal, está confiando a ela os valores dos seus estudos! 

Já fizemos aqui no blog um post caso você tenha dúvidas em como encontrar esse garantidor. Mas, como já indicamos, se estiver encontrando dificuldades nessa procura, o crédito estudantil sem fiador é a melhor pedida! 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Quem é você em REBELDE de acordo com seu comportamento no Ensino Médio?

O que estudar em 2021? Veja profissões em alta