in

Intercâmbio é o seu sonho? Veja o que precisa saber

De acordo com matéria publicada pelo portal Terra, as buscas por um intercâmbio na França cresceram 39% em 2021. As informações são da Campus France, órgão do governo que oferece dados necessários para estudar no país. 

Sob o mesmo ponto de vista e ainda segundo a publicação, uma pesquisa feita pela Fragomen, empresa nova-iorquina de consultoria para imigração, também viu o número de clientes que buscam por visto de estudante crescer muito neste ano. Só no primeiro trimestre, houve 30% mais pedidos do que durante o ano todo de 2020.

Nesse sentido, é seguro dizer que a pandemia despertou em todos uma necessidade ainda mais latente de viajar. O intercâmbio, por exemplo, é uma opção para aqueles que querem, além de conhecerem lugares novos, também aprenderem uma nova língua ou outras habilidades. 

Então, se esse for o seu caso e você ainda não sabe por onde começar, vamos te dar algumas dicas iniciais. Acompanhe no post!

Escolha seu destino

À primeira vista talvez este seja o item mais legal do planejamento da sua viagem! 

Muitas pessoas já possuem um local em mente, é claro, mas se você está no time “quero fazer intercâmbio, mas ainda não sei para onde”, não se preocupe: comece pelo destino. 

Alguns sites podem te ajudar nesse processo, principalmente aqueles voltados ao turismo. O Melhores Destinos é um deles e inclusive já listou os 20 melhores países para se visitar em 2021! Que tal dar uma olhada? 

Da mesma forma, outros portais são ainda mais especializados em intercâmbio, especificamente. Nestes, você conseguirá encontrar também informações sobre os demais itens que vamos listar aqui. Já conhece o Caia no Mundo? Ele é o blog da CI, agência especializada no nicho. 

Agora que você já tem insumos para sua pesquisa, vamos ressaltar alguns itens importantes que devem ser considerados no seu destino de intercâmbio: 

  • A língua: procure países com uma língua estrangeira que você já consiga dominar ou que o seu objetivo seja, de fato, estudá-la mais a fundo. Já pensou não conseguir pedir um pão na padaria?
  • O clima: lembre-se de que você vai passar um tempo considerável nesse local, por isso, opte por um clima que já tenha afinidade ou que você saiba que irá se adaptar tranquilamente.
  • A cultura: infelizmente nem todos os países do mundo respeitam imigrantes, ou seja, nós brasileiros! Pesquise um pouco sobre isso para evitar transtornos e garantir que sua viagem tenha apenas momentos bons.
  • O custo: além do valor da viagem em si, analise o custo de vida do país antes de decidir. É importante ter em mente que, fora estudar, você precisará se alimentar, se locomover e praticar outras atividades básicas. Isso também tem um preço!

Procure uma agência de intercâmbio

Essa é uma dica muito pessoal e depende de cada caso. Mas, sendo bastante sinceros: um intercâmbio não envolve apenas passagens de avião e hospedagem, existe muita coisa por trás. Tem certeza de que você quer fazer tudo sozinho(a)?

Caso você já tenha prática no assunto e se sinta confortável para isso, ótimo! Por outro lado, se essa for a sua primeira viagem internacional ou seu primeiro período longo estudando fora, recomendamos um apoio técnico. 

O site Euro Dicas, especializado em viagens para a Europa, já publicou um post com as 10 melhores agências de intercâmbio disponíveis no Brasil. Vale dar uma olhada nele e analisar qual se encaixaria melhor no seu planejamento. 

Além disso, também é importante conversar com outras pessoas que já viveram essa experiência. Debata com amigos e conhecidos ou peça ajuda nas redes sociais para encontrar uma boa indicação. 

O feedback de outros estudantes pode ser muito valioso e útil para a sua decisão!

Comece um planejamento financeiro

Por fim, depois de escolher o seu destino e ter apoio técnico de uma empresa especializada para que tudo dê certo, chegou a hora de mexer no bolso!

Sabemos que um intercâmbio não é nada barato e, caso a moeda do país escolhido seja mais valorizada que o real, tudo pode se tornar bem mais caro. Por outro lado, se planejar com antecedência evita estresses. 

Seja como for, deixe aquela frase “quem converte, não se diverte” para os dias de viagem. Enquanto estiver aqui e planejando tudo, você deve sim converter nossa moeda para a do lugar em questão e fazer as contas necessárias. 

Aqui no blog já publicamos, inclusive, um Planner Financeiro para dar aquela ajuda nas finanças de todos, seja qual for a situação. É só baixar e adaptá-lo ao momento em que você está vivendo! 

Lembre-se, também, de que a Fundacred está aqui para ajudar você a realizar esse sonho! Portanto, você pode utilizar qualquer um dos nossos serviços de crédito estudantil para financiar seus estudos enquanto essa grana para o intercâmbio é reservada, que tal?  

Temos CredIES para Ensino Superior, CredTEC para técnico, CredNEX para ensino básico e CredNEO para cursos livres. Além deles, também oferecemos o CredIESMed, caso você curse Medicina, e o +MAISACESSO, nossa solução que não exige fiador. 

As opções são muitas e você pode simular e solicitar qualquer uma lá no nosso Portal!

Agora que você já tem as dicas iniciais na mão, essa meta tomou forma e parece muito mais real, não acha? Bora seguir tudinho, então, para ter uma viagem 100% proveitosa, com foco nos estudos e também no lazer.

Depois de tudo planejado, não esquece de nos contar lá no Instagram, ou no Twitter, qual foi o destino escolhido, combinado? Bom intercâmbio!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
qual curso fazer na faculdade - menina segurando cadernos

Qual curso fazer na faculdade de acordo com seu signo?

Estudante surpresa para representar a dúvida sobre o que fazer no ensino médio

O que fazer depois do Ensino Médio?