in ,

Biomedicina Estética: o que é e quanto ganham os profissionais?

A Biomedicina Estética é uma especialização, já que não existe uma graduação específica para isso. Caso você queira seguir essa profissão, é preciso se graduar em Biomedicina e, depois, se pós-graduar apenas em Estética ou no título completo “Biomedicina Estética”, dependendo da instituição de ensino que você escolher. 

Em ambos os casos, você precisa ter bacharelado e experiência nos procedimentos estabelecidos pela resolução CFBM 200/2011, que dispõe sobre critérios para habilitação nessa área. Eletroterapia, Ultrassom Estético, Radiofrequência Estética, Laserterapia, Peelings Químicos e Mecânicos estão entre as competências exigidas. 

Além disso, lembre-se de procurar universidades, faculdades ou centros acadêmicos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) na hora de escolher onde se matricular!

Antes, vamos conversar com mais detalhes sobre a profissão! 

O que faz um(a) Biomédico(a) Estético

Basicamente, quem fez Biomedicina Estética lida com a perspectiva da saúde humana baseada, é claro, na estética. Ou seja, pode tanto tratar doenças e suas causas, quanto resolver questões de aparência, harmonização e proporção. 

Procedimentos, métodos preventivos de envelhecimento fisiológico e disfunções estéticas faciais ou corporais também estão inclusos no escopo dessa carreira. Além disso, também é possível auxiliar na criação das tecnologias que envolvem essas práticas, sem precisar, efetivamente, realizá-las em pessoas de fora. 

Do mesmo modo, antes de partir para essa profissão você deve saber que ela é multidisciplinar. Ou seja, para ser um(a) Biomédico(a) Estético(a), você trabalha de acordo com o código de ética de quem cursou Biomedicina. Mas, por outro lado, também deve se atentar às legislações específicas da estética. 

Em resumo, esteja sempre atualizado, mantenha as leituras sobre sua área em dia e consulte órgãos competentes quando surgir alguma dúvida sobre a profissão!

Como funcionam os estágios

Não existem informações precisas sobre a área de Biomedicina Estética, especificamente neste caso. 

O que sabemos é que os estágios em Biomedicina têm a média de R$ 911,00 para bolsa-auxílio. Por outro lado, o salário médio do estágio na área de Estética é de R$ 1.361,61.

Estudando para ser Biomédico(a), você pode estagiar em qualquer um dos casos — nos campos gerais da graduação e também em estética, especificamente. Nesse sentido, vale considerar a possibilidade de realizar mais de um estágio durante a faculdade. 

Falando especificamente de Estética, um estagiário(a) pode ajudar na higienização e limpeza de pele, esfoliação corporal, bandagens, massagens cosméticas e banhos aromáticos. O estudante da área também pode realizar drenagem linfática corporal, massagem mecânica, vacuoterapia, eletroterapia, depilação, máscaras de face, do pescoço e do colo. Inúmeras atividades!

Vale pesquisar mais para se decidir e praticar em vários campos antes de bater o martelo. 

Mais sobre o mercado de trabalho

De acordo com informações da Unibrasil, publicadas em fevereiro de 2020, o Brasil se tornou o terceiro maior mercado para a Biomedicina Estética no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China! Portanto, a área, apesar de relativamente nova, é bastante valorizada por aqui. 

O salário inicial, neste caso, varia em torno dos R$ 3.500,00 e pode passar dos R$ 10.000,00, se você trabalhar em mais de um local. Neste sentido, é possível atuar em centros estéticos, ter sua própria clínica ou investir na carreira acadêmica, como professor ou pesquisador do nicho. 

Curtiu a ideia? 

Opções para estudar

Como vimos, para ser Biomédico(a) Estético(a) você precisa estudar muito. Sendo assim, nada melhor do que uma ajuda no pagamento das mensalidades para ter total estabilidade financeira. 

A Fundacred pode ajudar você! O CredIES, uma das nossas opções de crédito estudantil, permite que você pague uma parte da graduação ou pós agora e o restante depois de concluir (ou encerrar seu vínculo com a instituição de ensino).  
Você pode simular valores antes e escolher em qual universidade deseja cursar, conforme sua localização e renda. Acesse o Portal da Fundacred e solicite agora!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

O que analisar para fazer um cronograma de estudos?

4 razões para você investir em cursos livres