in

O que é EAD e como funciona essa modalidade?

Muito além da pandemia, o ensino a distância (EAD) já vinha crescendo exponencialmente nos últimos dez anos. Pelo menos é o que afirmaram os dados do Censo de Educação Superior, divulgados pelo G1 no fim de 2020.

De acordo com as informações, de 2009 a 2019, o número de novos alunos em cursos superiores a distância aumentou 4,7 vezes. Em outras palavras, o salto foi de cerca de 330 mil estudantes para mais de 1 milhão e meio, totalizando, assim, um crescimento de 378,9%.

Ainda que a modalidade esteja muito em alta, não custa nada conversarmos um pouco mais sobre suas especificidades. Vamos nessa?

Conceito e aplicação

A sigla EAD vem de ensino a distância, ou seja, a modalidade de educação que ocorre no ambiente virtual. Neste ambiente, portanto, estarão todas as funções e atividades de uma aula presencial, com a diferença de que o estudante, neste caso, pode se organizar em seu próprio ritmo. 

Com a pandemia da Covid-19, muito se falou em EAD e o auxílio do ensino digital. Apesar disso, o modelo híbrido ou tecnológico que estamos vivendo atualmente não está totalmente enquadrado no ensino a distância. Isso porque, no caso do EAD, as aulas geralmente são gravadas e não exigem um acompanhamento ao vivo

Nesse sentido, o estudante assiste gravações, envia trabalhos, responde a fóruns e pode entrar em contato com os professores em momentos específicos. Do mesmo modo, as aulas não ocorrem com dia e horários marcados, salvo exceções.

Como saber se um curso EAD é reconhecido pelo MEC? 

Por se tratar de um modelo mais acessível (geralmente cursos a distância têm um preço menor em comparação aos presenciais), muito se discute sobre a validação dos diplomas em EAD. 

Para consultar se o Ministério da Educação atesta uma instituição de ensino, é simples! Acesse a área de “consulta avançada” no site do e-MEC e selecione a opção “Instituição de Ensino Superior”. Depois, é só preencher o restante dos dados com as informações da IE que você deseja consultar e pronto. 

Assim você consegue pesquisar faculdades, centros universitários ou demais locais em que está pensando em estudar e verificar se o diploma, por lá, está válido. 

Faculdade x Pós-graduação 

Além de poder cursar graduação, cursos técnicos ou livres a distância, você pode sim também fazer uma pós-graduação em EAD. Mas calma, vamos aos detalhes! 

Faculdades ou cursos técnicos funcionam como os princípios básicos dessa modalidade (conforme já citamos): você poderá assistir à carga horária em momentos compatíveis com sua rotina. Mas não pense que tudo fica mais fácil, também existem provas, entregas de trabalho e demais tarefas. 

Ainda assim, vale pesquisar como funciona para a sua área, afinal, existem particularidades. Cursos voltados para a saúde, por exemplo, costumam ter uma porcentagem prevista no currículo para aulas também presenciais, já que lidam com o bem-estar das pessoas. Lembre-se de consultar essas informações!

Igualmente, a pesquisa vale para o caso de pós-graduação em EAD. Antes de mais nada você deve se perguntar se deseja cursar uma especialização lato sensu ou stricto sensu. Depois que decidir, pesquise instituições e currículos que ofereçam o modelo e curso desejado.  

Organização para estudar EAD

Por ser uma modalidade diferente da presencial, o ensino a distância exige uma disciplina maior dos estudantes. Isso porque as aulas não são realizadas em um horário fixo, ou seja, cabe a cada um se organizar para permanecer atualizado nas disciplinas. 

Nesse sentido, uma alternativa que pode ajudar no planejamento é anotar na agenda, calendário ou outra opção de registro, todas as datas de entrega da matéria em questão. Isso é informado no início de cada semestre, por meio do plano de ensino.

Outra dica interessante é criar um cronograma próprio de estudos, delimitando quantas aulas assistir por semana e seguindo suas próprias metas. Assim você garante estar por dentro dos conteúdos para também realizar as tarefas e trabalhos, posteriormente. 

Caso esteja encontrando dificuldades para se adaptar, não se preocupe. Já fizemos um post aqui no blog sobre como o EAD não precisa ser um bicho de sete cabeças. Confere as dicas!

Tranquilidade financeira 

Seja presencialmente ou online, se você focar nos estudos, tudo acabará bem, isso é fato. Mas, para ter tranquilidade no ensino é preciso ter equilíbrio também nas finanças, certo?

Para isso existe o CredIES, o crédito estudantil que permite o pagamento das mensalidades em duas partes: uma enquanto você cursa e a outra só ao concluir. Ele também é válido para cursos em EAD e você pode consultar a disponibilidade da sua instituição escolhida no Portal da Fundacred. Se joga!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Responda como foi no vestibular e diremos qual personagem de The Walking Dead é você!

O que analisar para fazer um cronograma de estudos?