in

Educação Socioemocional: como aplicar?

A construção de uma sociedade justa está associada a uma série de tópicos que precisam ser estruturados desde a mais tenra idade, preparando uma nova geração para saber como agir em sociedade, algo que pode ser trabalhado a partir da educação socioemocional.

Esse conceito trabalha com uma série de tópicos que precisam ser bem desenvolvidos já no período da infância, de forma a estabelecer um crescimento adequado não só desse jovem em particular, mas também de toda a comunidade a qual ele está inserido.

Essa é a principal razão por trás da importância de se investir no setor de educação, pois investir nessa área acaba sendo uma forma da sociedade trazer aplicações para si mesmo, assim como para o mercado, garantindo uma boa performance a todos os envolvidos.

Pois da mesma forma em que um profissional culinário precisa de toda uma preparação para que seja possível oferecer os seus serviços, ocupando a vaga de cozinheira residencial em uma residência, o seu lado emocional também deve ser trabalhado.

Até porque a performance de um profissional envolve não só suas qualidades físicas, mas também as emocionais, já que de nada adianta para um técnico conhecer a fundo o seu setor de atuação se não existe uma preparação emocional para lidar com a sua área.

Principalmente quando se trata de atividades de risco ou então práticas de perfil coletivo, sendo importante saber como trabalhar com seus colegas, assim como o seu público, garantindo dessa forma bons resultados para a empresa em que atuam.

Assim como é necessário ter acesso à uma educação técnica para realizar de forma adequada um estudo de impacto de vizinhança, conhecendo todos os conceitos associados a essa análise, é importante contar também com uma preparação mental.

Não à toa sendo comum aos atletas trabalharem tanto o seu corpo como sua mente, pois somente a partir de um completo equilíbrio entre o lado físico e o emocional é que tal esportista pode alcançar a melhor performance possível dentro de sua área.

O mesmo sendo válido para muitas outras áreas, indo além da questão profissional, mas lidando também com a forma em que esse indivíduo saberá como se portar em sociedade, constituir uma família ou, antes de tudo isso, se encontrar bem consigo mesmo.

E para obter um acesso adequado a tudo isso, recorrer a uma educação socioemocional se torna uma atividade essencial, sendo uma prática que deve ser trabalhada em todas as escolas atualmente, começando primeiro a compreender a fundo como isso funciona.

O objetivo da educação socioemocional

O acesso a uma boa educação é essencial para que bons resultados sejam alcançados futuramente por tal indivíduo, algo que é válido desde uma criança na escola, até um jovem na universidade ou um profissional já estabelecido que recorrer a uma especialização.

Movimento esse que trabalha com acesso a bons conteúdos, a ajuda de bons educadores, além de muitos outros tópicos que podem ser de grande valor para o processo de instrução de tal aluno, em certos casos permitindo até mesmo que ele possa se tornar um professor.

Uma corrente contínua dentro da sociedade, já que a necessidade por bons profissionais de educação é algo que se mostra recorrente, até mesmo pelo processo natural de renovação do meio social como um todo.

O mesmo tipo de cenário que faz com que uma empresa de anos de mercado conte com diferentes rostos em seus time de funcionários, portando um crachá em pvc personalizado que identifique os novos profissionais que irão atuar em tal mercado.

Mas tudo volta à importância de contar uma boa educação de base, de forma a preparar os indivíduos a se tornarem adultos eficientes dentro dos mais diversos setores, sejam comerciais, profissionais, mas acima de sociais, garantindo até mesmo um certo bem-estar.

Em relação a esse cenário em particular, é importante destacar o valor da chamada educação socioemocional, um conceito que vai além de uma instrução técnica, trabalhando especificamente no desenvolvimento de melhores habilidades emocionais e sociais.

Ainda mais na sociedade atual, onde o contexto cada vez mais midiático acaba por criar um maior estado de pressão nas pessoas, diante de uma exposição e cobrança desmedida, recorrendo a padrões impossíveis de serem alcançados vistos pelos canais midiáticos.

Sociedade essa onde os serviços de cabeamento de rede acabam por receber o mesmo tipo de importância que outras necessidades, como o direito à moradia e lazer. Isso resulta em aspectos tanto positivos como negativos para o mercado e para a sociedade.

Diante disso se torna importante modificar a forma com que diversas ações são trabalhadas em sociedade, incluindo os métodos de educação adotados, dando assim um destaque especial para o conceito de educação socioemocional.

Uma nova metodologia de ensino que é capaz de garantir uma série de benefícios aos alunos, diante da forma com que certos tópicos são trabalhados, estimulando o estudante a desenvolver certas características, entre elas:

  • Autoconhecimento;
  • Criatividade;
  • Empatia;
  • Pensamento crítico;
  • Colaboração social;
  • Inteligência emocional.

Pontos emocionais que, ao serem bem desenvolvidos, podem permitir que o aluno tenha uma melhor absorção até mesmo de conhecimentos tradicionais trabalhados no meio educacional, estimulando a longo prazo um melhor desenvolvimento da sociedade.

Afetando o campo social por meio de um contexto político, o meio comercial, otimizando a qualidade de trabalho de quem atua junto a um distribuidor de etiquetas adesivas, por exemplo, e principalmente o cenário educacional, otimizando resultados de forma geral.

Mas para se alcançar todo tipo de resultado é preciso que os espaços escolares estabeleçam novos métodos de ensino, sendo necessário ter uma atenção otimizada dentro desse setor para que essa educação socioemocional resulte somente em pontos positivos.

Leia também: As possibilidades da gamificação na educação básica

Como aplicar esse método nas escolas

Diante dos resultados apontados pela aplicação de uma educação socioemocional, torna-se importante que os centros educacionais saibam como trabalhar de forma adequada com esse tipo de conceito, prevendo uma melhor performance geral dos seus alunos.

E para trabalhar com isso no meio escolar é importante rever a metodologia de ensino antes adotada, trabalhando agora com alternativas otimizadas, o que pode acontecer a partir das seguintes ações:

Adaptação do currículo educacional

As escolas trabalham com um método de ensino que muitas vezes pode se mostrar arcaico, sendo desenvolvido para um período social diferente. Frente a isso, para melhorar os resultados dos alunos é preciso olhar novamente para esse currículo adotado.

Pois da mesma forma em que uma empresa de serralheria é capaz de aumentar seus resultados, trabalhando com novas estratégias comerciais, o meio educacional é outro capaz de ampliar sua performance ao desenvolver novos métodos de conexão ao público.

Recorrendo a novos materiais de ensino

Quando se fala em atualizar um currículo escolar, é preciso ter atenção também ao material que está usado como base para as aulas a serem administradas, o que inclui o uso de livros e apostilas diversas.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) vem frequentemente atualizando a sua lista de livros e obras indicadas para o cenário educativo, buscando justamente modernizar a situação do ensino no país.

Ponto a se ver com atenção por quem pretende trabalhar com a aplicação de uma educação socioemocional, recorrendo a conteúdos que são desenvolvidos já com esse tipo de prática em mente.

Novas atividades educativas

É importante também entender que as aulas não devem ficar restritas ao que ocorre dentro das salas, sendo necessário desenvolver novas atividades que estimulem da melhor forma possível os alunos, indo além dos ensinamentos convencionais.

Para isso é necessário reconhecer a forma como o mundo externo vem impactando a vida dos alunos, desenvolvendo práticas que possam até mesmo otimizar a absorção de conteúdos diversos, estimulando não só o conhecimento técnico, mas também o emocional.

Pedagogia diferenciada

Pode ser um erro para uma empresa de impressão em chapa de acrílico achar que a sua performance está atrelada somente ao seu número de vendas, sendo necessário analisar também a sua relação com seus clientes além de muitos outros pontos.

O mesmo pode ser dito em relação aos métodos de ensino a serem adotados, sendo importante trabalhar com um novo tipo de pedagogia, preocupada não só com os resultados dos estudantes, mas também com a relação afetiva entre aluno e professor.

Pois é por meio dessa conexão que é possível estabelecer um diferente tipo de laço, capaz até mesmo de garantir esses mesmos resultados técnicos que tanto se procura na sociedade e no mercado.

A partir da adoção de todas essas estratégias é possível garantir não apenas uma melhor performance aos alunos, mas de fato ajudar esse público a lidar melhor com suas próprias expectativas, além daquelas apresentadas de forma exterior.

Permitindo assim com que ao comprar lençol de borracha ou qualquer tipo de objeto importante para o seu negócio, um empreendedor compreenda melhor tudo o que envolve tal produção, além de outros atributos que possam afetar de alguma forma seus projetos.

Uma complexidade que parte primeiramente da forma em que um aluno consegue absorver todas as disciplinas trabalhadas em seu currículo escolar, sendo importante ter uma atenção que olhe também para os quesitos emocionais que formam tal estudante.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia também: Paulo Freire e a educação que transforma

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
curso-de-gestao-publica

Gestão pública: saiba mais sobre o curso!

Educação continuada: conheça a parceria entre Fundacred e Domestika