in ,

As possibilidades da gamificação na educação básica

O conceito de gamificação está ganhando cada vez mais notoriedade dentro do mercado e, principalmente, dentro do meio educacional justamente por se tratar de um método inovador e que está mudando por completo o processo de aprendizagem. 

Aprender já é um desafio e tanto, passar horas e horas sentado ouvindo um professor falar, ler diversos livros e realizar atividades está longe de ser uma tarefa simples, só quem passou e passa por ela sabe como difícil pode ser. 

E isso acontece não apenas na vida de quem resolve fazer um curso de graduação, mas também acontece na vida de quem decide empreender e abrir a sua própria empresa de criação de softwares, por exemplo. 

O conhecimento é e sempre será o melhor caminho para qualquer coisa que desejarmos fazer, pois ele será o guia no caminho e ensinará tudo o que precisamos saber para exercer determinadas atividades. 

Sendo assim, estudar é sempre o melhor caminho para aprender algo novo e se desenvolver como pessoa e como profissional, mas há quem não se identifique com os métodos tradicionais de ensino e, por isso, não investe em conhecimento. 

Algo completamente compreensível, pois no mundo em que vivemos, é normal que as pessoas se sintam entendidas ao serem submetidas a longas aulas com livros gigantes e pessoas falando por horas e horas seguidas. 

Seja em uma empresa de terceirização de profissionais de TI ou até mesmo na faculdade, as pessoas estão atrás de interação, ou seja, elas querem trocar conhecimento e visam tornar o processo de aprendizagem mais colaborativo. 

E quando falamos desse cenário nas escolas, o problema é ainda maior, pois as crianças e os adolescentes estão cada vez mais dispersos, por isso, fazer com que eles se concentrem no que é passo na escola é um grande desafio nos dias de hoje. 

As recentes gerações já nasceram com um celular na mão, como costuma brincar as pessoas mais velhas, sendo assim, colocá-las em uma cadeira e obrigá-las a engolir um conteúdo teórico é uma tarefa muito difícil para os profissionais de comunicação. 

Pensando nisso, o conceito de gamificação ganhou uma grande influência em todo o mundo e tem ajudado no processo de aprendizagem para crianças e adolescentes, e é justamente sobre essa inovação que vamos falar hoje. 

Conheça o conceito de gamificação 

O conceito de gamificação pode ser aplicado tanto em escolas quanto em programas de treinamento em uma empresa de laudo técnico de equipamentos, afinal de contas, nunca é tarde para aprender algo novo, não é mesmo? 

A palavra gamificação surgiu do termo game, em inglês, que nada mais é do que jogos, ou seja, gamificação pode ser entendido como a aplicação de elementos de jogos no processo de aprendizagem. 

Isso significa que, o conceito defende a ideia da implementação de jogos para estimular a aprendizagem e fazer com que as pessoas fiquem mais focadas no processo e claro, que também se divirtam durante o momento. 

Com a chegada da gamificação no mercado, aprender não se tornou mais algo tão desafiador e ruim como muitos pensam, pelo contrário, ele conseguiu fazer com que o processo fosse mais leve e divertido para todos. 

Como mencionamos, ele pode ser aplicado tanto em escolas para crianças e adolescentes quanto em um treinamento dentro de uma empresa de integração de sistemas de automação

Por mais surpreendente que possa parecer, acredite, é mais do que possível aprender com jogos e atividades interativas que estimulam o processo de aprendizagem de maneira bem mais dinâmica e divertida para quem ensina e para quem aprende. 

Benefícios da gamificação 

E é claro que um conceito tão inovador como esse traria diversos benefícios para os estudantes, profissionais, professores e instituições que o aplica. Conheça abaixo alguns deles: 

Mais dinamismo e interatividade 

Os alunos estão acostumados a chegar na escola ou faculdade e sentar na cadeira, escutando os professores e anotando informações importantes, esse processo acaba se tornando cansativo e tedioso tanto para ele quanto para os professores. 

Para que o aluno de um curso sobre componentes elétricos se sinta confortável durante o processo de aprendizagem, ele precisa se sentir por dentro do que acontece na instituição e como ele pode participar dele de maneira ativa. 

A gamificação traz justamente isso para eles, mais dinamismo e interatividade, tirando só alunos dos papéis de apenas ouvintes e deixando-os envolvidos com o material e por dentro do que podem aprender e fazer. 

Mais autonomia para o aluno 

A autonomia é uma característica que permite a realização de determinadas atividades por conta própria do indivíduo, por exemplo, uma pessoa que decide abrir o seu negócio, se torna um autônomo, pois realiza todos os passos essenciais para isso. 

Sendo assim, essa característica é fundamental para os alunos, pois eles entendem a importância de seus estudos e, por conta própria, começam a se dedicar e se organizar cada vez mais para aprender de forma mais eficiente. 

O conceito de gamificação auxilia justamente nisso, seja em um curso de instalação de banners ou até mesmo no ensino infantil, pois incentiva o aluno a estudar por conta própria e ir cada vez mais atrás de conhecimento. 

Melhor reconhecimento da instituição 

Qualquer empresa sabe a importância de um bom reconhecimento dentro do seu mercado e do seu segmento, pois isso faz com que ela chame mais atenção de clientes e parceiros, assim como sai a frente de seus concorrentes. 

Por isso, quando uma instituição de ensino, seja privada ou pública, aplica o conceito de gamificação, ela ganha um grande reconhecimento justamente por aplicar algo tão inovador e diferente que faz toda a diferença no processo de aprendizagem. 

O mesmo se aplica aos professores que também abraçam essa novidade e pensam em novos jogos e atividades para ajudar seus alunos. Esses benefícios são apenas alguns que fazem toda a diferença na rotina de um espaço que aplica a gamificação em seu dia a dia. 

Entenda a importância da gamificação 

A gamificação é extremamente importante durante o processo de aprendizagem justamente por ser um conceito que defende a interação durante o processo, ou seja, onde o aluno não é apenas aquele sentado na cadeira ouvindo lições e teorias. 

Em uma empresa de paineis elétricos, por exemplo, o aprendiz coloca a mão na massa, faz testes, atividades e até mesmo brincadeiras para colocar em prática o que aprendeu e provar o seu valor. 

Não é à toa que esse é um conceito que tem crescido cada vez mais no mercado educacional, pois traz uma inovação jamais vista dentro deste segmento e tem feito toda a diferença na vida dos estudantes. 

Ainda mais quando pensamos que no mundo em que vivemos, todos estão cada vez mais conectados às redes sociais e por dentro das últimas inovações e tecnologias em diversas áreas. 

Sendo assim, a gamificação se tornou importante para guarani que você, como professor, consiga ensinar o eu precisa de maneira eficiente e o estudante aprenda de maneira simples e divertida. 

Isso tudo significa que ambas as partes saem ganhando com a gamificação, tanto o profissional quanto o estudante, sem contar com a empresa ou instituição que revê os materiais e equipamentos para tal. 

Ferramentas de gamificação 

A gamificação pode ser usada tanto para ensinar uma criança a fazer contas de matemática quanto para fazer a elaboração de projeto de combate a incêndio com sua equipe em um treinamento intensivo. 

Diferente do que muitos pensam, aplicar esse conceito está longe de ser um nicho de sete cabeças e que precisa de equipamentos caros e pessoas específicas para tal, ele é muito mais simples do que você pensa. 

Por isso, para te ajudar nesse processo, preparamos uma lista com ferramentas gratuitas de atividades de gamificação para você aplicar em seus alunos ou até mesmo na sua empresa. Confira: 

  • Kahoot;
  • Matific;
  • Minecraft for Education;
  • Enem game;
  • Perguntados, entre outros. 

Para isso, é importante que você conheça bem o público para o qual irá ensinar, pois pode aderir a ideias e plataformas que vão de acordo com a faixa etária do seu público e faça com que eles se envolvam em todo o processo. 

Considerações finais 

Aprender algo novo sempre será um desafio, pois estaremos saindo da nossa zona de conforto e entrando em um mundo novo, e por mais assustador que ele possa ser, o resultado final sempre valerá apenas. 

Sendo assim, olhe para este conceito como uma nova forma de garantir que o processo de ensino e aprendizagem seja mais interativo, dinâmico e até mesmo divertido para todos, fazendo com que entendamos a importância de sempre estar atrás de conhecimento. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
3_dicas_para_ser_mais_criativo

3 dicas para ser mais criativo

Engenharia Aeronáutica é o curso para fãs de Top Gun e aviões