in

AmeiAmei LegalLegal

6 motivos de porque ser minimalista é bom para você

Acumulação, consumismo desenfreado e estresse causado, exatamente, por esses motivos. Com tudo interligado, é fácil sua saúde mental acabar sendo afetada pela forma como leva sua vida. Mas, e que tal tentar algo novo? Hoje vamos mostrar alguns motivos de porque ser minimalista pode ajudar a melhorar sua vida.

Esse é um estilo de vida que não é fácil, é claro. Requer muito esforço de si próprio, afinal, vivemos em um mundo que nos induz a consumir, ter e comprar. No entanto, motivações de porque ser minimalista são muitas e estão mais “na cara” do que pode imaginar.

Mas por que ser minimalista?

O minimalismo é um estilo de vida que busca ajudar você a colocar sua atenção naquilo que realmente importa. Dessa forma, você consome apenas o que precisa, gasta somente o necessário e vive de uma forma mais simples. Um dos motivos de porque ser minimalista ajuda as pessoas está em investir tempo no que vale a pena.

Com uma sociedade cada vez mais corrida e caótica, fica difícil identificar onde colocar a atenção. E não é fácil se tornar um minimalista, afinal, requer um bom nível de autoconsciência, onde você busca entender os motivos que te fazem buscar essa melhora.

1. Mais desapego, menos estresse

Quando você começa a praticar o minimalismo, percebe que a vida não é sobre o quanto você tem, mas a qualidade do que o cerca. Isso vale para bens materiais e para relações que não acrescentam nada em sua vida. 

Esse é um dos motivos de porque ser minimalista melhora os mais diversos aspectos da sua vida: entender que apenas o que é importante vale seu tempo.

2. Melhor relação com dinheiro

Outro motivo de porque ser minimalista vai ajudar você, está na relação com o dinheiro. Ao adotar um estilo de vida mais simples, você gasta menos com coisas supérfluas e começa a se preocupar menos com suas finanças. Afinal, com menos consumismo, mais dinheiro sobra. 

E se precisar de uma ajudinha a mais, aqui no blog ensinamos você a economizar enquanto estuda. E, claro, com o crédito educativo da Fundacred você tem ainda mais economia, pois estuda pagando apenas parte da mensalidade do curso. Já explicamos as vantagens de contratar o crédito, dá uma olhada.

3. Mente sã, vida saudável

Quando você consome menos, acaba por ter menos coisas. Desse modo, sua casa se torna mais organizada e, também, sua cabeça. Afinal, ser minimalista ajuda a manter a mente mais sã e sem acúmulo de pensamentos e preocupações. E, de quebra, você ainda tem tempo para investir em outras coisas como um hobby.

4. Cuidar de você

Consome menos, tem menos, se estressa menos. Os benefícios de ser minimalista se somam e, então, você pode cuidar mais de você. Com a correria da vida, o acúmulo de coisas e o consumismo desenfreado, fica difícil arrumar tempo e ter cabeça para pensar em si mesmo. 

Então, outro dos benefícios do minimalismo está em ter tempo para criar bons hábitos para uma vida melhor.

5. Uma boa impressão é a que fica

Quando sua vida é organizada, sua cabeça está livre de preocupações e você tem mais tempo para si mesmo. Dessa forma, você começa a passar uma boa imagem para os outros. Um dos motivos de porque ser minimalista está em conseguir trazer para você o reflexo de como sua vida está mais organizada e simples.

6. Ajudando o planeta

Minimalismo e sustentabilidade andam juntos. Ao consumir menos ou consumir de forma mais responsável, o planeta agradece. Afinal, um dos motivos para ser minimalista também está na preocupação com o mundo em que vivemos.

Comprar menos ou comprar em brechós, por exemplo, é uma ótima atitude para diminuir o impacto que a indústria tem na terra. E não para por aí, você pode aplicar isso em todo o consumo que faz na vida.

Ah, e se quiser saber mais sobre minimalismo, aqui vão três canais do YouTube para você seguir:
Vida, Descomplicada
Matt D’Avella
In Search of Mental Clarity

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Dicas para parar de procrastinar

Profissional de Enfermagem: 5 áreas para atuar